Benefícios da Cúrcuma na alimentação humana

O açafrão ou cúrcuma é uma planta condimentar originária da Ásia (Índia, Indonésia), de onde se disseminou para outras regiões do planeta (1). Atualmente vem ganhando destaque por seu constituinte majoritário que é a curcumina.

Constituintes nutricionais

Utilizada tanto na indústria farmacêutica como gastronômica a cúrcuma pode conter diversos nutrientes. Prasad  e Aggarwal  2011 (2), mostraram em seu trabalho que podem ser encontrados mais de 100 componentes isolados da cúrcuma. O principal componente da raiz é um óleo volátil (curcumina).  A análise nutricional mostrou que 100 g de cúrcuma contém 390 kcal, 10 g de gordura total, 3 g de gordura saturada, 0 mg de colesterol, 0,2 g de cálcio, 0,26 g de fósforo, 10 mg de sódio, 2.500 mg de potássio, 47,5 mg de ferro, 0,9 mg de tiamina, 0,19 mg de riboflavina, 4,8 mg de niacina, 50 mg de ácido ascórbico, 69,9 g de carboidratos totais, 21 g de fibra alimentar, 3 g de açúcares e 8 g de proteína. A cúrcuma também é uma boa fonte de ácido graxo ω-3 e ácido α-linolênico.

Benefícios na alimentação humana

A curcumina principal constituinte ativo, é uma substância polifenólica amarela. Ela é extraída do rizoma da planta e é utilizada  desde a antiguidade em alimentos e para usos terapêuticos e amplamente utilizada na Índia.

Muitos estudos foram feitos sobre a curcumina para verificar seus efeitos em diferentes doenças. Segundo os pesquisadores Soleimani  et al. (3), a curcumina reduziu a gordura do fígado em pacientes com doença hepática gordurosa não alcoólica. Pode atuar como agente anticancerígeno  e também é eficaz na supressão do câncer gástrico, de cólon e de mama. Tem efeitos citotóxicos em células tumorais, efeitos benéficos na saúde da pele. Os autores destacam também que a  curcumina demonstrou exercer atividade anti-inflamatória e pode ser usado para osteoartrite, entre outros. 

Antes de você consumir grandes quantidades, consulte um médico ou nutricionaista, eles vão te orientar sobre a quantidade ideal para o consumo.

Referências:

1 – https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/210884/1/CLV19044.pdf

2- Prasad S, Aggarwal BB. Açafrão, a especiaria dourada: da medicina tradicional à medicina moderna. In: Benzie IFF, Wachtel-Galor S, editores. Fitoterapia: Aspectos Biomoleculares e Clínicos. 2ª edição. Boca Raton (FL): CRC Press/Taylor & Francis; 2011. Capítulo 13. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK92752/

3- Soleimani, Vahid, Amirhossein Sahebkar, and Hossein Hosseinzadeh. “Turmeric (Curcuma longa) and its major constituent (curcumin) as nontoxic and safe substances.” Phytotherapy Research 32.6 (2018): 985-995.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Read More

Uso de Postbióticos e Óleos Essenciais na Preservação de Frutos do Mar

Pesquisadores da Universidade Chung-Ang, na Coreia do Sul, descobriram uma maneira revolucionária e ecológica de preservar frutos do mar, utilizando uma combinação de postbióticos derivados de Leuconostoc mesenteroides e óleos essenciais como eugenol e timol. Este método mostrou-se altamente eficaz na inibição de patógenos como Vibrio parahaemolyticus, Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli, além de impedir a formação de biofilmes em produtos de frutos do mar e superfícies de processamento. A inovação não só aumenta a segurança alimentar, mas também oferece uma alternativa sustentável aos conservantes químicos tradicionais, atendendo à crescente demanda por soluções naturais na indústria alimentícia.
Total
0
Share